Certificação ISO 9001v2015

O Gerente responde...

Como você pode ler na página "Sucesso Dobrado", durante o período de Março 2016 até Julho 2017, tivemos a honra de dar suporte na adequação do Sistema de Gestão da Qualidade da TMHM (Toyota Empilhadeiras), que recebeu a recomendação para a certificação ISO 9001v2015 no dia 06 de Julho de 2017.

Sabendo que no Brasil existem ainda poucas empresas com o seu Sistema de Gestão da Qualidade certificado na ISO 9001; temos, por exemplo, na base do INMETRO, dados de hoje, 13.197 certificados válidos no Brasil.


Sabendo ainda que existe uma grande necessidade, demandada pelo cliente / consumidor de produtos e serviços, de que a qualidade seja continuamente melhorada, podemos nos deparar com a questão do quanto vale a pena ou não o investimento na certificação internacional do sistema de gestão da qualidade da empresa.

Diante desse quadro, empresas como a TMHM, apesar de sua excelência em qualidade e padrões internacionais de produto, processo e sistema, decidem adotar o padrão Internacional ISO 9001v2015 para agregar essa chancela ao seu negócio.

Claudia Ferrari, nossa consultora, responsável pelo projeto junto à Toyota Empilhadeiras na planta de Artur Nogueira-SP ficou intrigada e quis ouvir do próprio Gerente da Qualidade, membro da Alta Direção da empresa, quais as razões que os levaram à decisão da certificação e porque optaram pela AtitudeQ para suportá-los nesta adequação.


Muito gentilmente o Sr. Ednilson Rodrigues (ER) concedeu à AtitudeQ (AQ) essa entrevista que segue:

Ednilson Rodrigues

Gerente de Qualidade da TMHM - Artur Nogueira - SP

AQ -  A sua organização não tinha SGQ certificado antes desta versão 2015. O que levou a organização à decisão de implementar e certificar o SGQ pelos padrões da ISO 9001v2015?

ER -  A organização entendeu que a ISO9001 seria a base para consolidar a gestão na TMHM e também introduzir abordagem por processos.

 

AQ -  Qual foi a motivação para contratar uma consultoria para auxiliá-los na implementação?

ER -  Dentro da filosofia da TMHM buscamos o auto desenvolvimento dos Colaboradores, identificamos um potencial talento sem experiência previa e utilizamos a consultoria para trazer experiência e conhecimento. Esse trabalho entre consultoria e Colaborador gerou troca de conhecimentos tácitos e explicito entre ambas as partes.

 

AQ -  Qual foi o critério usado para escolher a consultoria?

ER -  Avaliamos critérios técnicos e financeiros, mas a decisão final foi do Colaborador que iria trabalhar no projeto de implementação.

 

AQ -  Você recomendaria a consultoria que utilizou? Por quê?

ER -  Sim, pois os resultados alcançados por toda equipe demonstrou a completa integração da consultoria.

 

AQ -  Você teve que alterar muito os processos vigentes na empresa? Quantos % você acredita que teve que alterar?

ER -  Os processos da empresa sofreram melhorias para adequação da norma, mas mantiveram toda sua essência. A adequação dos processos foi menor que 10%.

 

AQ -  O tempo para a implementação foi definido apenas pela organização ou foi definido em conjunto com a consultoria?

ER -  O cronograma de implementação foi elaborado em conjunto com a consultoria, foi considerado o objetivo da empresa  e a avaliação realizada pela consultoria.

 

AQ -  Você acredita que o tempo foi adequado? Poderia ser menor?

ER -  O tempo foi adequado ao objetivo traçado, poderia ser menor, mas para isso precisaríamos de aumento de recursos disponíveis.

 

AQ -  Qual foi o critério para escolher a certificadora?

ER -  A certificadora foi escolhida através de uma análise de matriz de decisão e SWOT.

 

AQ -  Você entendeu que houve comprometimento da Alta Direção?

ER -  Entendo que toda a Alta Direção foi envolvida desde o inicio, participando da criação dos processos e por consequência todos estavam envolvidos sem ninguém mencionar que precisávamos estar comprometidos.

 

AQ -  Você percebeu se houve alguma alteração na cultura da organização?

ER -  A cultura na TMHM esta muito consolidada e a certificação apenas confirmou essa identidade.

 

AQ -  Qual foi a maior dificuldade que você percebeu durante o período da implementação?

ER -  Passamos por algumas dificuldades quando nos deparamos com imprevistos em alguns processos, mas com uma força tarefa, conseguimos concluir as atividades ao menor impacto possível.

 

AQ -  Qual foi o maior benefício que você percebeu durante o período da implementação?

ER -  Foi a troca de conhecimento entre as pessoas, a abordagem por processos nos fez olhar o negócio de forma diferente.

 

AQ -   O que você recomenda para as empresas que não possuem SGQ certificado?

ER -  A certificação ISO9001 será a base de gestão para podermos planejar futuras certificações e diretrizes. Eu recomendo a certificação ISO9001 para todas as empresas como base de gestão. 

Agradecemos ao Sr. Ednilson Rodrigues por seu tempo e pelo engajamento como membro da Alta Direção nesse projeto e no sucesso da Toyota Empilhadeiras - Artur Nogueira.

A AtitudeQ está à sua disposição para auxiliar na adequação do seu sistema de gestão da qualidade. 

Também, trabalhamos com as normas internacionais ISO 14001v2015, OHSAS 18001 e IATF 16949v2016.

Entre em contato conosco e nos solicite uma proposta.

#altadireção #atitudeq #iso9001v2015 #iso9001:2015 #consultoria #treinamento #claudiaferrari #sgq #qualidade #tmhm

Créditos: fonte da foto do Sr. Ednilson: https://www.linkedin.com/in/ednilsonrodrigues/  fonte do dado sobre certificação: http://certifiq.inmetro.gov.br/Grafico/CertificadosValidosBrasil.